Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Uma corrida com taxistas bem curiosos

1 de abril de 2009

Gosto muito de andar de táxi. Depois de falar um pouco sobre a previsão do tempo, eu começo a fazer perguntas sobre o trabalho deles. Um desses taxistas virou até personagem do guia “1075 Endereços Curiosos de São Paulo”. Quando voltava para casa, no começo da tarde, o taxista Francisco Cava Gomes, o “Paquito”, produzia castanholas e bengalas, tudo à mão. Colocava as peças no porta-malas do carro e oferecia aos passageiros.
Outro taxista que ficou famoso foi o Mauro Castro, que começou a contar suas aventuras num blog muito lega, o Taxi Tramas. Ele é de Porto Alegre e eu já o entrevistei no “Você é Curioso?” há uns dois anos. Seus divertidos textos se transformaram num livro.
Pois bem: o Jornal da Tarde publicou no domingo passado uma reportagem com taxistas bem curiosos:

No táxi de Jairo Rodrigues Barbosa o rap domina – o motorista é MC do grupo Periafricania. Para ele,  parte da inspiração para as músicas vem “das ruas, do trânsito, dessa loucura toda” enfrentada no dia-a-dia.



Edmilson Gomes da Silva é taxista e escritor. Em seu livro autobiográfico “Não Foi Por Falta de Ideia”, editado por conta própria, Edemilson garante que invenções como a mala de rodinhas e o Poupatempo saíram de sua cabeça.



Já Antônio Queiroz é tão apaixonado por música caipira que tem um programa de rádio online inteirinho dedicado ao estilo. Dono de mais de 40 mil títulos de música caipira, o taxista apresenta o programa “Raiz Caipira” de segunda a sexta, que você pode ouvir aqui.
Você conhece algum outro motorista de táxi curioso? Mande o nome e o contato pra gente! Se não conhece nenhum, não deixe de puxar papo na sua próxima corrida. Comece falando do tempo…

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Chefs e garçons formados em presídios

Chefs e garçons formados em presídios

Em 2009, o País de Gales iniciou um programa para capacitar presidiários nas funções de chef, garçons, cozinheiros e bartenders. Já são quatro restaurantes abertos em unidades prisionais. O projeto é chamado “The Clink Charity”. Um deles, veja só, o Brixton Clink,...

3 Comentários

3 Comentários

  1. gio

    adorei!!!

    Responder
  2. Shirlei Marina

    Oi Marcelo, tudo bem? Sou jornalista e trabalho na Mixer, uma produtora de cinema, documentários, propagandas em São Paulo. Estou precisando achar um taxista bacana pra participar de um filme e achei “O Paquito” que você falou no seu post bem interessante. Você pode me passar o contato dele? se puder te agradeço! abraços.

    Responder
  3. LUIS CARLOS

    SOU TAXISTA CASO PRECISAREM DE UM FIGURANTE EM FILMES NOVELAS ETC, ESTOU À DISPOSIÇÃO. GRATO LUIS

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This