Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Quem é que dá nome às cores dos esmaltes?

17 de setembro de 2010


Cada vez que ouço minha mulher e minha filha conversando sobre cores de esmalte fico mais espantado com a criatividade das indústrias na hora de batizar as cores. Existem verdadeiras pérolas. Por exemplo, os esmaltes acima fazem referência aos sete pecados capitais e se transformaram em:  Toque de Ira, Preguicinha, Santa Gula, Pura Luxúria, Doce Orgulho, Possessão Rosa (a única cor que tem um nome de cor) e Inveja Boa. É ou não é o máximo?
Quem escolhe os nomes das cores é o departamento de marketing das empresas fabricantes de esmalte. Geralmente, esse é o último passo antes do lançamento de um produto – ou seja, ninguém inventa uma cor para a palavra “brisas”. O nome apareceu depois que esse esmalte cor de rosa já havia sido criado (mesmo não existindo ventos pink soprando por aí).

Achou estranho um “rosa-brisa”?  Existem muitos outros tons de rosa. Mas repare nos nomes:  Puro Glamour, 5ª Avenida, Gatinha, Pitanga, Flúor, Grão de Café, Canoa, Rosa Antigo, Duna, Tomara que Caia, Atrevida, Marilyn, Babados, Fofo, Agreste, Minissaia, Buquê, Energia… O mais engraçado é esse Tomara que Caia. Tomara que caia o que? A unha da pessoa?


Quantos tipos de vermelho você conhece? Três? Quatro? Dentro dos vidrinhos de esmalte, as variedades de vermelho são enormes e recebem nomes como  Amante, Ivete, Rebu, 40 Graus, Garota Verão, Paixão, Boneca de Luxo, Saia Justa, Maria Flor, Rosa Colombiana (tem esse nome, mas é vermelho), Madame…

E os nomes engraçados não se restringem ao vermelho e ao rosa. Dê uma olhada nessa palheta de cores:

Cores de esmaltes clássicos para usar nas unhas de gel

 

Clique para ampliar

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Avó avalia mal o hotel e é mandada embora

Avó avalia mal o hotel e é mandada embora

Você costuma fazer a avaliação online dos hotéis que frequenta? Melhor fazer isso depois de ter deixado as acomodações. Susan Leger, de 63 anos, disse que ela e sua neta de seis anos foram expulsas do hotel Baymont Inn & Suites, na Geórgia, Estados Unidos, à...

Acredite: antivacinas atacam Papai Noel

Acredite: antivacinas atacam Papai Noel

Papai Noel está sendo atacado por ter tomado a vacina contra o Covid-19. A cena aparece no comercial de final de ano da rede de supermercados Tesco, do Reino Unido. No comercial, intitulado "This Christmas, Nothing’s Stopping Us" [Neste Natal, nada vai nos segurar],...

O taxista mais curioso do Brasil

O taxista mais curioso do Brasil

O "É Brasil que Não Acaba Mais" apresenta Mauro Castro, taxista em Porto Alegre há 35 anos. Ele criou o projeto "Taxitramas" em 2003. Começou escrevendo uma coluna para o jornal "Diário Gaúcho". As colunas foram parar em livros a partir de 2006.  Ele acaba de lançar o...

14 Comentários

14 Comentários

  1. Daniela

    Mais curioso ainda que os nomes dos esmaltes são os nomes dos catálogos de tintas. Outro dia peguei um catálogo da Suvinil e me diverti lendo os nomes. Vários nomes até tinham um toque poético, e pela variedade de cores de tinta para pintura de parede terem um leque bem maior, a criatividade para compor os nomes, também tem que ser muuuito maior! 🙂

    Responder
  2. Daniela

    Mais curioso ainda que os nomes dos esmaltes são os nomes dos catálogos de tintas. Outro dia peguei um catálogo da Suvinil e me diverti lendo os nomes. Vários nomes até tinham um toque poético, e pela variedade de cores de tinta para pintura de parede terem um leque bem maior, a criatividade para compor os nomes, também tem que ser muuuito maior! 🙂

    Responder
  3. Carol

    Marcelo,
    Adorei o seu “insight” sobre as cores dos esmaltes. As pessoas que trabalham com o marketing para o público feminino realmente são muiiiiiiiiiiito criativas. Imagino que se homens pintassem as unhas, teríamos uma paleta com as cores básicas apenas e nenhum nome divertido. Mas, em compensação, imagine se as fissuradas por carros fossem as mulheres? Teríamos carros da cor “doce orgulho”. Eu compraria!!! rsrs
    Abraços,

    Responder
  4. Carol

    Marcelo,
    Adorei o seu “insight” sobre as cores dos esmaltes. As pessoas que trabalham com o marketing para o público feminino realmente são muiiiiiiiiiiito criativas. Imagino que se homens pintassem as unhas, teríamos uma paleta com as cores básicas apenas e nenhum nome divertido. Mas, em compensação, imagine se as fissuradas por carros fossem as mulheres? Teríamos carros da cor “doce orgulho”. Eu compraria!!! rsrs
    Abraços,

    Responder
  5. Simone Miragaia

    Estamos a procura da cor “cigarrette”…cv sabe onde tem? rsrsrsrsrs

    Responder
  6. Simone Miragaia

    Estamos a procura da cor “cigarrette”…cv sabe onde tem? rsrsrsrsrs

    Responder
  7. Vanessa

    Oi!!!!!! adorei essa matéria que vc escreveu….. muito interessante e peculiar bjão

    Responder
  8. Vanessa

    Oi!!!!!! adorei essa matéria que vc escreveu….. muito interessante e peculiar bjão

    Responder
  9. Helio Gomes

    Ola,
    Acredito que o Rosa Colombiana se refere a uma Flor. Ela é igual a nossa Rosa, porém é maior (quase o dobro do tamanho).
    Abraços

    Responder
  10. Helio Gomes

    Ola,
    Acredito que o Rosa Colombiana se refere a uma Flor. Ela é igual a nossa Rosa, porém é maior (quase o dobro do tamanho).
    Abraços

    Responder
  11. william thacker

    Legal! Tirou esse post do mote deixado pelo filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, né não?
    Abraço
    @william_thacker

    Responder
  12. william thacker

    Legal! Tirou esse post do mote deixado pelo filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, né não?
    Abraço
    @william_thacker

    Responder
  13. Thays Moreno

    Gostteii mto dos esmaltes

    Responder
  14. Thays Moreno

    Gostteii mto dos esmaltes

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica