Caneca da personagem Matilda é acusada de incitar violência doméstica

20 de agosto de 2020

Uma caneca vendida na rede de supermercados Sainsbury’s,  a 5,50 libras (40 reais), está dando o que falar na Inglaterra. Ela traz um desenho de Matilda, uma das mais famosas personagens do escritor Roald Dahl, e a frase: “A brillant idea HIT HER”. Nas redes sociais, a frase foi entendida como “Uma brilhante ideia: BATER NELA”, o que estaria “incentivando a violência doméstica”.   Luís Labaton,  diretor da entidade Domestic Violence Assist, disse que ficou horrorizado ao ver as canecas à venda:  ‘”Deve haver tantos processos de verificação de qualidade no Sainsbury’s, é terrível que ninguém tenha percebido a gravidade. Isso mostra o quão longe da realidade eles estão. É um insulto às vítimas. Esta é mais uma evidência de que o abuso doméstico não é compreendido por tantos”.  A doutora Miranda Horvath, pesquisadora acadêmica sobre violência contra as mulheres na Universidade de Middlesex, afirmou em sua conta no Twitter: Esta caneca … é extremamente problemática. Queremos que o supermercado peça desculpas e faça uma grande doação para campanhas contra a violência doméstica ou instituições de caridade para meninas”.


“Matilda” debate uma questão bastante atual. Ela é uma menina muito inteligente, que adora livros. Mas, no caso dela, saber muito era extremamente perigoso. Matilda passou a ser perseguida pela diretora de escola. Os próprios pais viam televisão o tempo todo e não entendiam por que a filha preferia a leitura. A menina chega a ouvir do pai: “Ninguém fica rico sendo honesto. Cliente existe para ser enrolado”. E seguem-se barbaridades do tipo. A citação completa do livro de 1988 é: “Quando, finalmente, o germe de uma ideia brilhante bateu nela, Matilda começou a expandi-la e estabelecer seus planos com o mesmo tipo de cuidado que o duque de Wellington tinha feito antes da Batalha de Waterloo”.

Os fãs do galês Roald Dahl (1916-1990), filho de noruegueses, criticaram o Sainsbury’s por ceder à pressão e tirar as canecas de Matilda de suas prateleiras. Também pelas redes sociais, um diretor do Instituto de Estudos da Sociedade Civil, escreveu: ‘Espero que @sainsburys seja capaz de resistir à idiotice. “Uma ideia brilhante bateu nela” não é “uma ideia brilhante: bater nela!” , justificou. Outro fã postou que ninguém iria ler a caneca e pensar  “Oh, tudo bem (bater em você), querida, a caneca disse que sim”.

O design usa uma fonte diferente e letras maiúsculas para as palavras “Hit Her”, o que enfatiza ainda mais a ambiguidade. “Este slogan pode ser lido de duas maneiras – e esse é o problema”, aponta Ruth Mason, da Women’s Aid. “Uma delas é, como muitos notaram e comentaram nas redes sociais, uma banalização da violência que as mulheres vivenciam em suas próprias casas”.

Um porta-voz da Sainsbury’s declarou para a imprensa inglesa:“ Pedimos desculpas aos clientes por qualquer aborrecimento que isso possa ter causado e estamos trabalhando com a equipe de Roald Dahl para retirar a caneca da venda enquanto o design estiver sendo revisado”.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *