Por que algumas garrafas de Coca-Cola têm a tampinha amarela?

7 de abril de 2021
Muitas vezes a Coca-Cola muda a cor de suas tampinhas quando faz uma promoção. Mas, nesse caso, o amarelo significa que o refrigerante é kasher. No período da Páscoa, por sinal, há um aumento da demanda pelo produto.

 

Kasher significa “apto, adequado ou correto” em hebraico e descreve alimentos que obedecem às leis do judaísmo. Nos Estados Unidos, as garrafas de Coca-Cola com tampa amarela têm o carimbo “O-U-P”, o símbolo de certificação da União Ortodoxa.

 

 

Durante a Pessach, a Páscoa judaica, o povo judeu deve evitar alimentos e bebidas fermentados, derivados de trigo, cevada, aveia ou centeio. Há também judeus que evitam consumir alguns grãos, incluindo o milho – e é aí que entra o problema com a Coca-Cola. A fórmula do refrigerante tradicional contém xarope de milho, com alto teor de frutose,

 

A versão especial kasher, supervisionada por um rabino, é feita com outro tipo de adoçante, a sacarose. Para diferenciar esses produtos dos demais, a Coca-Cola americana utiliza a cor amarela nas tampinhas para sinalizar que o adoçante do produto é feito a partir da cana-de-açúcar.

Na década de 1930, o rabino ortodoxo Tobias Geffen, residente em Atlanta, Estados Unidos, sede mundial da Coca-Cola, lutou para que o produto pudesse ser produzido seguindo as tradições judaicas. “Como seria um problema conduzir a grande maioria dos judeus a não tomar a bebida, eu tentei fervorosamente encontrar um método que permitisse seu consumo”, explicou Geffen na ocasião.

 

Até mesmo alguns consumidores não judeus acabaram optando pelas garrafas com tampinha amarela porque preferem o gosto da bebida adoçada com açúcar de cana ou beterraba.

 

Artigos Relacionados

Lanchonete em Moscou faz homenagem a Stálin e se dá mal

Lanchonete em Moscou faz homenagem a Stálin e se dá mal

Uma lanchonete de fast food, especializada em kebabs, em Moscou atendeu 200 clientes já no primeiro dia, na semana do Ano Novo. Mas não abriu mais as portas depois disso. O dono, Stanislav Voltman, de 27 anos, batizou seu negócio com o nome de Stálin, ditador...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Roberto bELQUEVIDES

    Muito Bom não sabia disso, sou louco por essas curiosidades!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This