Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O dia em que devorei 14 pastéis de feira

26 de outubro de 2009

Tomar ou não tomar café da manhã? Se fosse um dia normal, não teria saído de casa em jejum. Mas eu estava me preparando para ser um dos jurados do primeiro Campeonato de Pastel de Feira, hoje cedo, na Praça Charles Miller, em São Paulo. Eram 10 finalistas de 731 inscritos, escolhidos pelo voto popular entre os dias 15 de setembro e 4 de outubro. Cada região da cidade entrou com dois representantes (só a Zona Leste, pelo seu tamanho, escolheu  quatro competidores). Achei melhor ir bem preparado para a competição, ou seja, com muito espaço livre no estômago.


O pastel de feira é a comidinha de rua número 1 dos paulistanos. São 2 milhões vendidos por semana. Daí a responsabilidade. Os 10 pasteleiros começaram a montar suas barracas às 8 da manhã. A barraca número 1 – Pastelaria Monte Castelo – levou até cartazes com fotos do açougueiro que fornece a carne para eles. Teve boca de urna, distribuição de brindes e torcida vinda de bairros distantes.

O público presente à final foi convidado novamente a dar notas. Cada pastel custava apenas 1 real. As barracas tinham cupons e duas urnas. Depois de comer, os clientes faziam uma avaliação da barraca que escolhessem. Os jurados tiveram duas horas para fazer o mesmo – só que deveriam percorrer as 10 barracas. Comecei a degustação às 10 horas e só fui terminar às 11h30.

Como seria impossível comer os 10 pastéis inteiros, os jurados adotaram um sistema muito parecido. Eu fiz assim: a primeira mordida devia deixar o ar quente sair. A segunda servia para analisar o sabor e a textura da massa. Já a terceira mordida deveria acertar em cheio o recheio. Nós, jurados, tínhamos que observar oito itens, incluindo a higiene da barraca, o uniforme dos funcionários, o asseio na manipulação da comida e do dinheiro, a qualidade do óleo. Tivemos que degustar o pastel de carne em todas as barracas para que a avaliação fosse uniforme. Isso me fez lembrar dos tempos em que nossos pais não recomendavam comer pastel de carne fora de casa. Tinham medo da procedência da carne.

Terminados os 10 pastéis, resolvi fazer uma espécie de segundo turno e mata-mata. Voltei a experimentar os quatro que tinha achado melhor. Era o momento do desempate. É verdade que  já estava sentindo o estômago meio pesado.
Os votos do júri técnico e as avaliações populares foram somadas. O título de melhor pastel de feira de São Paulo foi conquistado pela barraca número 6: Pastel da Maria. Kuniko Yonaha, a Maria, de 57 anos, recebeu um cheque de 8 mil reais. Prometeu dividir 3 mil entre as funcionárias (todas estavam uniformizadas, sorridentes) e vai usar os outros 5 mil na reforma da barraca.  O Pastel da Maria era, com certeza, o mais recheado de todos. Ela faz questão de não revelar também os condimentos que usa na carne. “É feito com muito amor. Também precisa ter sexo para trabalhar bem humorada no dia seguinte”, declarou em entrevista à TV Bandeirantes.  Maria contou com uma leve vantagem por “jogar em casa”. É que, toda quinta-feira, ela bate ponto na feira livre da própria Praça Charles Miller. O segundo colocado, Yamashiro Pai, faturou 2 mil reais e o terceiro lugar, a Pastéis Gabi, ficou com 1 mil reais.

Na saída, brindei à vitória de Maria com um bom caldo de cana, vendido ali a 1 real também. Pastel e garapa foi o cardápio de uma manhã muito divertida. A única coisa ruim é que perdi o apetite para o almoço…

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

37 Comentários

37 Comentários

  1. hector

    nossa que intereçante….¬¬

    Responder
  2. Patricia

    POXA…ESSA PRIMEIRA FOTO ME DEIXOU PASSANDO MAL… QUE DELÍCIA!!! ADORO PASTEL. MORO NA BAHIA E SOU LOUCA PRA PROVAR ESSES PASTÉIS DE FEIRA!!!!!!!!!!!

    Responder
  3. dheit

    A coisa mais paulistana do universo! Pastel e Caldo de cana!

    Responder
  4. Bermuda

    Tudo lindo, tudo blz, tudo legal, mas, onde fica a barraca da Maria mesmo? Fiquei com vontade de comer essa bagaça agora!!!

    Responder
  5. Leandro

    Se as pastelarias de chineses daki do RJ concorressem iam ficar em ultimo lugar.

    Responder
  6. marcelo borges

    hum…

    Responder
  7. Paulo S.Arruda

    Caro Marcelo, só faltou voce nos informar onde a dona Maria, K.Yonaha monta a sua barraca de pastel. É na feira
    do Pacaembú, é na feira da Lapa? Diga homem! Estamos
    com muita vontade de experimentar o tal pastel!

    Responder
  8. Ronaldo

    e o colesterol nas alturas!

    Responder
  9. otacilio ribeiro

    Marcelo :Da Zona Norte,quais as barrcas que participaram? Pelo que entendi a campeã Maria é da Zona Norte e a outra da Zona Norte,quem é /Qual são as feiras que participa?Obrigado peal resposta.

    Responder
    • Juliane

      oi, sou de Guarulhos, mas trabalho na Zona Norte de SP
      a outra banca que você pergunta é o pastel Monte Castelo, o melhor da zona norte!!!
      achei os endereços no site: http://www.diariodeguarulhos.com.br/jornal/dgnews/jornal/materia.jsp?id=8870&ca=13
      Pastel Monte Castelo:
      às terças-feiras na feira da Rua Imperador, altura do número 394, na Vila Guilherme;
      às quartas-feiras na Rua Antenor Navarro, 414, no Jardim Brasil;
      às quintas-feiras na Avenida Alberto Byington, 496, na Vila Maria;
      às sextas-feiras na Rua Jose Antonio da Silva, 1236, na Vila Sabrina;
      aos sábados na Araritaguaba, 454, na Vila Maria
      aos domingos Rua Benjamin Pereira, 521, no Jaçanã
      vale a pena!!! 🙂

      Responder
  10. Diogo Moraes

    São Paulo é pastel (fritura) e garapa. Rio de Janeiro é biscoito globo e mate. Dá uma olhada nas mulheres dos dois lugares… quem ganha?
    Abraço.

    Responder
    • Para FERNANDES

      Fico com as paulistas, já que as cariocas são muito malandras

      Responder
  11. Marcos Donizeti

    Vem com essa conversa de que só ficou de 3 mordidas por pastel, comeu é tudo e depois arrematou com um caldo de cana, hehehe
    Como podemos saber os endereços das feiras dessas barracas, principalmente a da Maria ?

    Responder
  12. edna

    Sou cliente do Pastel da Maria e afirmo que o premio foi bem merecido. Para quem nao conhece, vale a pena experimentar!

    Responder
    • VERA

      QUAL O ENDEREÇO DO PASTEL DE MARIA?
      Sou de salvador, quando for a São Paulo quero experimentar!……….

      Responder
  13. AMAIL

    Sensacional Marcelo, adorei a reportagem, e fiquei com vontade de comer os pasteis !

    Responder
  14. Irina aufmann

    Paulistano e pastel de feira andam de mãos dadas. Imagino o sacrifício de degustar tanto pastel… que delícia!

    Responder
  15. Alizando Cresce

    Bem que podia fazer pastel de cachorro, igual tem na china. è uma delícia, e vem cheio raiva.

    Responder
  16. Rita

    Pena que o pastel da Maria tah lah em SP e eu no Rio.

    Responder
  17. Carlos Alberto

    Um bom pastel sequinho vai bem, dá até agua na boca.

    Responder
  18. eliana

    Queria saber o endereço dos 10 finalistas,

    Responder
  19. Nildo Leite

    com certesa eu vou numa destas feiras só para saborear este pastél que aliás já me deixou de àgua na boca

    Responder
  20. Marcelo F

    Eu sou tão louco por pastel, que talvez pagasse pra ser jurado de um concurso desses… Mais do que o 1 real de cada… Viva a China!!!!!

    Responder
  21. renê de paula

    Marcelo,
    só uma informação prá corrigir:
    a rua Aureliano Leal, onde a d. Maria fica às terças-feiras, fica no bairro da Água Fria (Zona Norte) e não na Água Rasa que é na Zona Leste.
    abs
    Renê de Paula

    Responder
  22. iara

    Fiquei com água na boca. Pena que a região em que D. Maria monta a sua barraca é muito longe para mim, que moro próximo a Av. Liberdade.
    Parabéns!!!

    Responder
  23. Thereza

    Sr. Marcelo Duarte
    O Sr. indicou q às 3ªs feiras o Pastel da Maria está na feira da Rua Aureliano Leal.
    Que eu saiba a rua fica na Água Fria e não na Água Rasa.
    Por favor, poderia me confirmar, pois moro perto dessa rua e gostaria muito de ir lá degustar o Pastel da Maria
    Obrigada

    Responder
  24. Juliana

    Assim que puder dar uma passadinha em São Paulo, vou fazer uma verdadeira perseguição à Dona Maria: sou fanática por pastel. Ah, Marcelo, confesso que por aqui rolou uma tremenda inveja branca em relação à sua deliciosa manhã …
    E como não poderia deixar de dizer: meus parabéns Dona Maria!!!!

    Responder
  25. rita de cassia frota

    vc tem estomago de leao que legal

    Responder
  26. Maria Helena Nacimento

    Moro num bairro abençoado por Deus e florido por pastéis e feira que beleza ,q beleza…..e maravilha me AGUARDE Maria ,pois moro na Freg d Ó,parabéns.

    Responder
  27. Prince!!!!!!

    !! Pastel de feira e Pizzas…São Paulo da de mil a zero, em qualquer estado do BRASIL e da ITALIA, aqui em sampa tem as melhores PIZZARIAS do MUNDOOOOOO!!!!!!
    OBS: sem falar das caipirinhas de limão (galego)…rsrsss..

    Responder
  28. wilvale

    Só resta a duvida…… Os endereços que te passaram das feira das Maria, não tem nada a haver com os que estão informados no G1 da globo. Quem está certo??? Quero degustar o famoso pastel, mas indo ao endereço certo.

    Responder
  29. Carlos Paschoal Firmiano

    Quando eu morava em SP, há 10 anos ela ficava na Rua Heitor Peixoto, Cambuci, aos domingos. Não está mais la?
    Que saudade!!!

    Responder
  30. Alex Caputo

    Grande Marcelo,
    Compartilho contigo toda a alegria por ter participado do processo de escolha deste icone da gastronomia paulistana.
    E garanto… Elegemos o melhor entre os melhores mesmo.
    A Dna Maria, além de super simpática, é merecedora deste premio.
    Um abraço pra ti.
    Alex Caputo

    Responder
  31. juliane

    nossa, marcelo, vc eh jurado de cada coisa “chaaaaata”, hein!? fala serio!!!
    uma das coisas q faco questao de comer td fim de semana qdo volto pro brasil eh pastel de feira haha
    aqui a gente compra massa de pastel no mercado de produtos brasileiros, mas qquer um sabe q pastel de rua nao tem igual!

    Responder
  32. Rogerio

    Esperimente , o pastel da naomi fica na Heitor Peixoto aos domingos e muito bom, diga para ela que foi o professor e o carioca que morava na heitor e uma otima pessoa e muito agradavel para na barraca dela abracos. Rogerio

    Responder
  33. Marques

    Morei na Vila Maria e sempre ia comer pastel na barraca Monte Castelo as quintas na Av. Alberto Byington, uma delícia.

    Responder
  34. Lola France

    É que, toda quinta-feira,

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This