Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O chocolate de leite de dromedária

24 de dezembro de 2011

No “Você é Curioso?” de hoje, eu e a Silvania Alves experimentamos finalmente o chocolate de leite de dromedária, vindo diretamente do Dubai. Foi o presente de Natal que recebemos do ouvinte Regisclei. O Antonio Mier registrou toda a degustação curiosa.

Já havíamos contado num post anterior curiosidades sobre o chocolate de leite de dromedária, lembra? Para ler de novo, clique aqui.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pedro Marques Cancello

    Olá, Marcelo Duarte, sobre a nova lei antiálcool do Estado de SP e um constrangimento que passei com minha família. Só consegui esse canal p mandar email pra vc: Neste dia 27 de dezembro de 2011, fomos eu, minha mulher e meu filho passear pela cidade, e após esse nosso passeio resolvemos parar no bar e lanches Invicta, situado na Rua Antonio Carlos, 246. Pedi uma cerveja, para mim e minha mulher, um suco de laranja para meu filho de 4 anos, e uma batatinha frita para todos. Estávamos curtindo o fim de tarde (era umas 18h30), conversando, brincando, quando, constrangido, o garçom pediu que escondêssemos a garrafa de cerveja atrás de nossas compras. Disse que era por conta da nova lei anti-álcool, pois não era permitido o consumo na frente de um menor. Achei estranhíssimo, mas fiz o que ele pedira, certo de que a interpretação da lei estava errada.
    Continuamos conversando, meu filho se divertindo com o suco de laranja e a batatinha dele, no maior astral, a família curtindo o programa. Eis que surge o gerente, e pede que nos retiremos do local, pois estamos incitando o consumo de bebida alcoólica ao menor e isso causaria prejuízos ao estabelecimento, ou seja, multa, segundo a nova lei.
    Poucas vezes me senti tão desrespeitado, não uso drogas, não consumo outra bebida que não a cerveja – aliás, muito esporadicamente- e me senti humilhado com a expulsão de uma lanchonete. Pagamos a conta e fomos embora para casa. Meu filho percebeu do jeito dele o que estava ocorrendo, e sentiu-se mal, até chorou, pois viu que estávamos indo embora por que a lanchonete Invicta não aceitava crianças. Creio que seria importante o Estado educar os estabelecimentos, esclarecer, pois como está, mais situações desagradáveis como essa ocorrerão.
    Gde abraço! Pedro.

    Responder
  2. Regisclei

    Graaaaaaaaaaaaaaaande Marcelo!
    Muito obrigado, meu caro, pela citação (inclusive do meu brógui!!!) e pelo filminho!
    Fico muito contente de ter retribuído um pouquinho da generosidade de vocês!
    Um supe 2012!!!!
    Grande abraço!
    Regisclei

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This