Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Sentou, pagou!

21 de julho de 2010

Do jeito que o mundo anda, não vou achar estranho se essa invenção for colocada em prática logo. O “Pay & Sit” (Pague e Sente) é um banco com tempo marcado para se permanecer sentado. Você paga o equivalente a 50 centavos por alguns minutos, e vai precisar de outra moeda se quiser ficar mais tempo. A ideia é que todo mundo tenha espaço para se sentar. Quem resolver  monopolizar o banco por horas para namorar ou alimentar os pombos vai pagar caro!
A ideia do banco com parquímetro (ou “bundímetro”?) é do alemão Fabian Brunsing. No verão de 2008, ele e outros estudantes da Universidade de Ciência Aplicada de Potsdam, na Alemanha, se debruçaram sobre o tema da “privatização do espaço público”. Foi aí que Fabian desenvolveu o projeto. Por e-mail, ele contou ao Blog do Curioso que está preparando um novo protótipo do Pay & Sit. Mas, enquanto a versão mais avançada da invenção ainda não sai, veja como funciona a primeira:

Ah, a sugestão dessa pauta foi enviada pela leitora Marília Otsuka.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

A curiosidade hoje vem do País de Gales, que faz parte da Grã-Bretanha. É lá que mora Theo Burkitt-Watkins, de 3 anos, que acaba de ganhar o título de campeão mundial de Pulo em Poça d’Água. Sim, esse campeonato existe. Este ano, ele aconteceu remotamente. Os...

3 Comentários

3 Comentários

  1. Antonio Mier

    Isso seria uma maravilha em nossos estádios – aqueles onde se compra um ingresso NUMERADO e descobre que tem sujeito sentado nele, que ainda discute com vc dizendo que CHEGOU MAIS CEDO.
    E se vc procura a AUTORIDADE, ela te recomendar sentar em outro lugar.
    Com essa engenhoca, a liberação seria apenas com o ingresso do local.

    Responder
  2. Carolina Meneses

    Quer dizer que a se a pessoa for surda, vai espetar a bunda?!
    Sou totalmente contra radicalismos…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This