Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Com que roupa eu vou ao trabalho? Nenhuma!

8 de abril de 2011

Hoje, como em todas as sextas-feiras, muitas empresas adotam o “Casual Day”, dia em que todos os funcionários podem ir ao trabalho com uma roupa mais descontraída. Ao mesmo tempo, talvez por causa do aquecimento global, algumas outras têm aberto vagas para quem deseja trabalhar… sem roupa!

No começo desta semana, o site de notícias britânico The Register anunciou que uma empresa chamada Nude House, sediada em Buckinghamshire, estava procurando homens e mulheres adeptos do naturismo, entre 20 e 39 anos, dispostos a trabalhar nus em seus escritórios.
Chris Taylor, da Nude House, explicou ao jornal que o importante é não confundir nudez com sexo, pois os funcionários vão se concentrar nas vendas de softwares, e não na disponibilidade sexual dos colegas. A cada software vendido, o site promete uma comissão de o equivalente a 1 250 reais.

Outra pessoa que trabalha sem roupas é a apresentadora de televisão Flora Cheung Ching-sze, de 26 anos. O canal adulto Ice Fire, de Hong Kong, inventou um programa de culinária em que a modelo usa apenas um avental transparente, deixando o resto do corpo à mostra. No começo de cada episódio, ela vai vestida às compras. Chegando à cozinha, ela se despe e cozinha em frente às câmeras. Veja o trailer:

Para criar um clima de mais confiança com seus pacientes, a psicóloga americana Sarah White atende pelada em Nova York. Ela começa cada sessão completamente vestida e vai tirando a roupa à medida que a conversa flui. As primeiras consultas custam 150 dólares e são feitas pela internet. No começo, só a terapeuta aparece pela câmera. Depois, a imagem do paciente também entra na videoconferência pelo Skype e, finalmente, as conversas passam a ser presenciais. Sarah diz que o método atrai o sexo masculino, que tem menos costume de fazer terapia do que as mulheres.

Mas, voltando ao “Casual Day”, algumas empresas adotam a nudez apenas um dia por semana. Na Naked Friday, em vez de usar uma roupa mais leve, os funcionários devem arrancá-las de uma vez. A ideia foi do psicólogo David Taylor, conhecido como “The Naked Leader”. Ele ganhou o apelido porque, segundo suas próprias palavras, “se despe facilmente da incerteza e da dúvida”.
Aconteceu pela primeira vez em uma empresa de marketing e design inglesa. Eles estavam com o moral baixo por causa da crise financeira de 2008 e a Naked Friday foi criada para aproximar os funcionários. Quem não quisesse ficar pelado podia permanecer de roupas de baixo. O sucesso fez com que a nudez no trabalho virasse um reality-show.  “The Naked Office” tem seis episódios, cada um correspondente a uma semana em que a especialista em comportamento Seven Suphi convence os funcionários de uma empresa a trabalhar pelados. Para divulgar a série, o canal Virgin contratou dois casais de modelos que andaram de metrô usando apenas sapatos e cobrindo as partes íntimas com bolsas. Confira um trecho de episódio (em inglês):

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

A curiosidade hoje vem do País de Gales, que faz parte da Grã-Bretanha. É lá que mora Theo Burkitt-Watkins, de 3 anos, que acaba de ganhar o título de campeão mundial de Pulo em Poça d’Água. Sim, esse campeonato existe. Este ano, ele aconteceu remotamente. Os...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This