Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Careta mais feia, comedores de urtiga e outras bizarrices

10 de agosto de 2012

As Olimpíadas de Londres estão chegando ao fim e nem deu tempo de conhecer todas as maluquices criadas pelos ingleses.  Vamos, então, conhecer algumas. O país sedia todos os anos alguns já tradicionais concursos pra lá de bizarros.

Concurso de Caretas (Face Gurning)
Tradição desde 1267, a Feira da Maçã Silvestre de Egremont é uma das mais antigas do mundo. O evento, que acontece no terceiro sábado de setembro, no condado inglês de Cúmbria, prepara todos os anos um grand finale: o campeonato mundial de caretas. Os participantes são desafiados a fazer a mais grotesca e engraçada expressão facial do mundo. Acredita-se que a ideia surgiu por causa das caretas que os visitantes da feira faziam quando provavam a maçã silvestre ácida.

Da competição acabou surgindo uma personalidade: Anne Woods venceu o concurso 27 vezes, o que lhe rendeu um registro no Guinness Book – O Livro dos Recordes como a mulher capaz de fazer a careta mais feia do mundo.

Anne Woods

Campeonato Anual de Comedores de Urtiga (Annual Nettle Eating Contest)
A competição maluca – e um tanto masoquista – surgiu nos anos 1980, quando dois fazendeiros começaram a disputar a posse do mais longo caule de urtiga. A disputa era tão acirrada que os rivais promoveram um concurso na região. Um dia, um homem chamado Alex Williams levou um caule de 4,5 metros e disse que, se alguém aparecesse com um maior, ele comeria o seu. Não deu outra: apareceu um caule maior e ele cumpriu a promessa, devorando suas folhas de urtiga. E foi assim que surgiu o bizarro concurso, hoje popular em toda a Europa.

Os cerca de 30 competidores recebem talos de urtiga de 60 centímetros de comprimento, e têm uma hora para devorar as folhas. Ganha quem terminar a prova com o maior número de caules desfolhados. Um desafio extra é superar o vencedor do ano anterior.


A urtiga é conhecida pela sensação de ardência que provoca no homem. Isso acontece porque suas folhas têm pequenos pelos que acumulam histamina e outras substâncias. Quando em contato com a pele, esses pelos perfuram os poros e injetam os compostos químicos no corpo.

Concurso Internacional de Homens-Pássaro de Worthing (International Worthing Birdman)
Esta outra esquisitice britânica é uma competição de máquinas voadoras operadas por humanos. Acontece todos os verões no resort de Worthing, na costa sul da Inglaterra. A cada ano, máquinas mais complexas são apresentadas pelos participantes, que brigam pelo significativo prêmio de 30 mil libras – quase 100 mil reais. A máquina vencedora é aquela cujo voo consegue ultrapassar com a maior margem a distância mínima de 100 metros.


O primeiro concurso aconteceu em 1971, na costa de Selsey. Depois, foi sediado pela cidade de Bognor Regis por 29 anos até que, em 2008, fixou-se em Worthing. O evento já é tão tradicional que atrai público de outros países, como Alemanha, Suíça e até os extracontinentais Estados Unidos.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

Campeão mundial de Pulo em Poça d’Água

A curiosidade hoje vem do País de Gales, que faz parte da Grã-Bretanha. É lá que mora Theo Burkitt-Watkins, de 3 anos, que acaba de ganhar o título de campeão mundial de Pulo em Poça d’Água. Sim, esse campeonato existe. Este ano, ele aconteceu remotamente. Os...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This