Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Mug, o boneco da sorte de Wilson Simonal

26 de fevereiro de 2009

Wilson Simonal faleceu em 2000. Se estivesse vivo, ele completaria hoje 70 anos. Sou amigo do talentoso Simoninha, filho do Simonal. Mas nunca contei a ele uma passagem de minha infância que tem muito a ver com o pai dele. Simonal foi o maior garoto-propaganda do “Mug da Sorte”, um boneco que ganhou fama de ser o talismã nos anos 60. Ele nasceu em 1966 como mascote de uma marca de roupa também chamada Mug e uma grande campanha publicitária anunciava que ele tinha sido o responsável pelo sucesso de muita gente importante, como Chico Buarque e Maurício de Sousa. Simonal também fazia parte desse time. Mug até ganhou um samba, composto por ele e por José Guimarães.

Mug era um bicho bem esquisito. Era todo preto, tinha cabelo vermelho e usava uma roupa xadrez. Havia um modelo grande e um outro menorzinho, habitualmente pendurado no espelho retrovisor dos automóveis “para proteger os motoristas”. Meu pai tinha um desses pequenos. Mas não ficava no carro. Ficava bem na frente da escrivaninha dele. Como ele deixava a porta da escrivaninha aberta, eu dava de cara com o tal Mug todos os dias. E isso durante anos! Sempre quis o Mug para mim. Não tinha jeito. O boneco era tratado como relíquia por ele. Guardava dentro de um saquinho plástico para não pegar pó. Bem, eu me casei, saí de casa e me esqueci do tal Mug. Ontem, quando lembrei do bonequinho, liguei para meu pai e pedi o Mug emprestado para fazer uma foto. Ele disse que, um belo dia, o boneco desapareceu e nunca mais deu as caras por lá. Fiquei arrasado com a notícia (mesmo sabendo que, depois de algum tempo, o Mug ganhou a fama de pé-frio, um dos motivos de seu sumiço do mercado).


Há algum tempo, o jornalista Flávio Gomes fez um apelo na internet para conseguir um.  Não sei se conseguiu. A paixão do Flavinho pelo Mug é tão grande que muitas das informações que transcrevi aí em cima são dele. Bem, agora é a minha vez. Também quero um “Mug da Sorte”. Dou em troca um exemplar de “O Guia dos Curiosos” autografado. Será que alguém tem dois aí?

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Fatia de bolo Real guardado por 40 anos

Fatia de bolo Real guardado por 40 anos

O britânico Gerry Layton pagou 1.850 libras (US $ 2.565) pela cobertura de uma fatia de bolo servida no casamento do príncipe Charles e da princesa Diana em 1981. O colecionador estava interessado pela arte do bolo, um desenho...

O menino dos Cigarrinhos Pan

O menino dos Cigarrinhos Pan

O ator Paulinho Pompéia, garoto-propaganda dos Cigarrinhos de Chocolate Pan (em 1996, a empresa mudou o nome para Rolinhos de Chocolate, para que eles não servissem de estímulo ao tabagismo), morreu em 30 de junho de 2021, aos 72 anos.   A edição de abril de 2003...

Uma barra de chocolate com 121 anos

Uma barra de chocolate com 121 anos

Uma barra de chocolate histórica foi encontrada intacta, com embalagem e tudo, 121 anos depois de produzida. A Rainha Vitória encomendou 100 mil barras de chocolate para presentear os soldados ingleses que estavam lutando na segunda Guerra do Bôeres, entre 1899 e...

19 Comentários

19 Comentários

  1. augusto

    Ola
    sei que o mug foi criacao de HORACIO BERLINCK NETO… eh facil acha-lo.. FECAP..fundacao alvares penteado..tb esteve envolvido no FINO DA BOSSA… bem espero ter ajudado.. quem sabe ganho o livro.. abcs
    augusto

    Responder
  2. Renato

    Eu tenho um Mug da sorte, pequeno. Se quiser vê-lo, me encontre aos sábados na Praça Benedito Calixto. Procure Naté Meirelles – Ecodesign

    Responder
  3. Meire Bottura

    Olá! Entendo muito bem dessa fixação pelo Mug (Muguinho para os íntimos!) e lembro até hoje do escândalo que dei quando perdi o meu na praia! Abri o berreiro e, pro meu azar, além de ficar sem o Muguinho, ainda levei uns petelecos do meu pai.
    Bom, como fã incondicional do grande Simonal, permita-me fazer uma correção: ele nasceu em 23 de fevereiro de 1938 (e não 26/2/39) e teria completado 71 anos. A informação está errada em muitos lugares.
    Forte abraço!!!

    Responder
  4. Jonas Medeiros Nunes.

    O inventor deste mug, foi o horacio berlinck Neto,que tambem inventou o anel do tremendão ERASMO CARLOS e ROBERTO CARLOS. Era uma peça que ficava em cima do CAPO DO FUSCA.As pessoas faziam aneis com aquilo. Os dono de FUSCA na epoca eram vitimas dessas pessoas, que roubavão para confeccionar os ditos aneis, que na epoca foi uma febre.
    Espero ter ajudado com um pouco de historia!!!
    Abraços.!!! JONAS!!!

    Responder
    • EMILIO CARLOS

      Gostaria de complementar a informação do amigo sobre o “anel” do Erasmo, o nome do anel era “brucutu”, uma alusão a uma revista de quadrinhos da época, que se tratava de um homem das cavernas!
      Bons tempos aqueles!
      Abraços a todos!
      Emílio

      Responder
  5. João Leão

    Olá,
    Sou filho de um dos criadores do boneco Mug, o João Evangelista Leão, que assim como o Horacio Berlinck, foi produtor do programa Fino da Bossa e inventor do Mug.
    Tenho o Mug original, mas não o vendo por nada.
    Acabo de criar o blog do MUG, onde dividirei com os amantes deste boneco centenas de artigos de jornais e outros materias que consegui guardar e recuperar aqui em casa.
    Você sabia que o Mug foi tema de escola de samba, virou fantasia, capa de LP e até acabou na delegacia? Histórias como essas serão contadas em meu blog: http://bonecomug.blogspot.com/
    Visitem!

    Responder
  6. Monica Fuchshuber

    Que delícia ver novamente na mídia o bonequinho que foi famoso na minha infância!!
    Eu também quero um MUG!!!… rsrs

    Responder
  7. Guilherme Brandao

    Irado! Não é do meu tempo, mas vejo como genial!!! Isso é quase um toyart! E o sucesso!?

    Responder
  8. Guilherme Brandao

    Genial!!! Isso é um toyart, só que a moda dos anos 60. hhehe

    Responder
  9. francisco carlos petená

    Será que existe alguem que faça ainda boneco do MUG, para vender. Seria um bom negócio, pois tem procura.

    Responder
  10. claudia

    Tenho como herança de Vó,alguns jornais”suplemento fem,inino “do Estado de São Paulo,dos anos 60,70 e lá tem o molde do Mug se quizerem dou uma vasculhada e posso fazer alguns para voces.è só escrever um e-mail que eu dou um jeito.O Mug me faz lembrar das minhas irmãs em sua adolecência,eu era criança e assistia fascinada a tudo aquilo…Pasquim,Bossa Nova,Jovem Guarda…Deu Saudade…

    Responder
  11. Eva

    Tenho um legitimo Mug para vender, estudo melhor ofertas em dinheiro.

    Responder
  12. ivonete

    Eu quero um MUG, quem pode me arumar!!!!

    Responder
  13. Richardson Sant'Anna

    Sempre tive acesso às boas músicas, desde criança, e nesta convivência tive o prazer de ouvir Wilson Simonal.
    Durante o período de sucesso deste grande artista, recebi de presente um MUG de vidro que era um chaveiro bem pequeno, acho que ainda o tenho.
    São recordações de uma boa infância muito bem vivida e de momentos que fizeram parte de uma época da boa música popular brasileira.
    Fico feliz por ter ouvido bons cantores e presenciado uma boa parte da história musical do Brasil em alguns de seus melhores momentos.

    Responder
  14. Denis

    Olá pessoal, estou comercializando réplica do Mug grande, caso haja interesse favor entrar em contato no meu e-mail:
    drsbomfim@ig.com.br
    Grato.

    Responder
  15. Leo Cesar Roggero

    Bom dia pessoal que curte ou que à época usou o “Mug da Sorte” como amuleto .
    Eu tenho 64 anos curti muito o programa O Fino da Bossa onde Simonal era presença constante e nunca saia de casa sem o meu MUG.
    Meus pais fabricavam o modelo pequeno e o modelo grande .
    Ainda tenho os moldes e se houver interesse posso produzí-los novamente.
    Entrem em contato comigo.
    Um abraço a todos.

    Responder
  16. Lucia

    Na minha
    Coleção de Chaveiros, eu tinha um Mug. Dei- a de presente para um amigo. Depois…. aí que saudades do meu amiguinho.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This