Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A morte de Bob Nelson, o caubói brasileiro

4 de setembro de 2009

Roberto Carlos era fã do “Vaqueiro Alegre”. Quando criança, o rei gostava de colar o ouvido nos radinhos sintonizados na Rádio Nacional e ouvir as “canções de caubói” de Bob Nelson. O cantor, cujo nome verdadeiro era Nelson Roberto Perez, nasceu na cidade de Campinas (SP) em 12 de outubro de 1918. Reza a lenda que, quando Carmen Miranda se apresentou em Campinas no ano de 1939, ele a acompanhou no show. Na época, já cantava no “Grupo Cacique”.

Inspirado pelo filme “Idílio nos Alpes”, começou a arranhar o ritmo tirolês (também conhecido como “yodel”) no início dos anos 1940. Em 1943, Bob Nelson faz uma adaptação  para o português de uma tradicional canção norte-americana. Música premiada na rádio Cultura, “Oh,Suzana” torna-se um de seus maiores sucessos. A música também catapultou Bob Nelson para um evento histórico.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o dono dos Diários Associados, Assis Chateaubriand, resolveu homenagear o comandante norte-americano General Douglas MacArthur. Não teve dúvidas: mandou chamar Bob Nelson e sua “Oh, Suzana”. A homenagem funcionou: Douglas MacArthur era natural do Arkansas e adorou a versão brasileira de uma música sobre a Guerra da Secessão nos Estados Unidos. Ao final da apresentação, o general subiu ao palco e abraçou o cantor. Também foi Chatô quem deu o dinheiro para que Bob Nelson comprasse a sua primeira fantasia de caubói, com direito a chapéu e revólver no coldre.


Em 1944, Bob Nelson gravou seu primeiro disco com “Oh, Suzana” e “Vaqueiro Alegre”. Ao longo da década de 1940, apresentou-se em diversos programas de rádio e gravou músicas usando o nome artístico “Bob Nelson e seus Rancheiros”. Foi mais ou menos nessa época que ele se tornou o ídolo das estrelas da Jovem Guarda, Roberto e Erasmo Carlos.

A dupla gravou até mesmo uma música em homenagem ao caubói brasileiro: “A Lenda de Bob Nelson”, lançada em 1974. Um dos primeiros artistas a misturar a música sertaneja do interior com o country norte-americano, Bob Nelson ainda arranjava tempo para desfilar no Carnaval, sempre pela escola de samba Império Serrano. Foi no Rio de Janeiro que ele morreu, no último dia 28 de agosto, aos 91 anos.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Fatia de bolo Real guardado por 40 anos

Fatia de bolo Real guardado por 40 anos

O britânico Gerry Layton pagou 1.850 libras (US $ 2.565) pela cobertura de uma fatia de bolo servida no casamento do príncipe Charles e da princesa Diana em 1981. O colecionador estava interessado pela arte do bolo, um desenho...

O menino dos Cigarrinhos Pan

O menino dos Cigarrinhos Pan

O ator Paulinho Pompéia, garoto-propaganda dos Cigarrinhos de Chocolate Pan (em 1996, a empresa mudou o nome para Rolinhos de Chocolate, para que eles não servissem de estímulo ao tabagismo), morreu em 30 de junho de 2021, aos 72 anos.   A edição de abril de 2003...

Uma barra de chocolate com 121 anos

Uma barra de chocolate com 121 anos

Uma barra de chocolate histórica foi encontrada intacta, com embalagem e tudo, 121 anos depois de produzida. A Rainha Vitória encomendou 100 mil barras de chocolate para presentear os soldados ingleses que estavam lutando na segunda Guerra do Bôeres, entre 1899 e...

65 Comentários

65 Comentários

  1. silva onairevs

    é importante saber-mos das coisas , isto nos deixa saudades e ao mesmo tempo, faz nos recordar-mos dos tempos de ouro da musica e tambem do cinema nacional , parabens por esta matéria , att silva onairevs

    Responder
  2. Laurindo

    Legal a notícia. Delicadeza não ter deixado passar em branco. Segundo parece, Bob Nélson era boa gente.
    Na minha infância ele estava no auge e ouvíamos muito os seus sucessos.
    Espero que tenha tido uma velhice tranquila.
    Abraços

    Responder
  3. pedro cardozo

    para existir o sensacional Beto Carreiro,precisamos sempre lembrar do nosso eterno cauboi rei BOB NELSON .
    Que descanse em paz, e Deus precisava de outro cauboi,pra entrar pra tuma do Roy Roger.
    um abraço

    Responder
  4. Fabinho Dornelles

    Olá amigo…sensacional essa história que eu particularmente não conhecia. Mas minha mãe está aqui ao lado se derramando em lágrimas…hehehe.
    Ela também era fã do Bob Nelson, e nunca mais tinha ouvido falar dele….
    Como a história é interessante e curiosa vou posta-la no meu blog, (com os devidos créditos, claro) passe por lá…
    Abraços…

    Responder
  5. josé sarney

    ele merece tudo isso e muito mais ,pois e um homem integro,honesto,eu confio plenamente no fernando,tudo o que aconteceu foi intriga da oposiçao,bom pai ,bom filho otimo irmao continue assim meu querido nos juntos venceremos

    Responder
  6. maria da conceição maciel dias

    É bom existir a INTERNET para deixar nosso recado:Bob Nelson encantou várias gerações com músicas lindas ,mistura de sertanejo com caubói(country)americano.Os jovens aplaudiam suas canções e curtiam seu estilo fashion.Era iluminado,por isso viveu bastante:91 anos!Uma bela história de vida que merece esse registro .Cantou,dançou e alegrou muitas gerações.Feliz daqueles seres humanos que deixam sua marca para relembrar.

    Responder
  7. newton de barros

    Ele era filho dos donos da Pensão Perez. Seu irmão que tinha vitiligo era cliente assíduo do bar de papai em Campinas à Rua Campos Salles esq.c/ Visconde do rio Branco, defronte aos Escritórios da Cia. Mogiana de Estr. de Ferro. Na Visc. do Rio Branco esquina ao lado que confrontava com o bar de papai era a Pharmacia dos empregados da Cia. Mogiana , do outro Lado a Caixa de apos. e pensôes dos empregados da referida E.Ferro.
    O bar chamava-se “BAR ESPORTE” DE DUDÚ BARROS(MEU PAI)
    ´Nessa época já se favava do seu irmão o Nelson Perez(BOB).Lá pelos idos de 1939 a 1944.
    Pontepretanos de tradição e eu nasci EM 1930,Pontepretano. Me considero um dos torcedores mais velhos da “MACACA”. hOEJ ESTOU COM 79ANOS.
    aBRAÇOS A TODOS E N/ SAUDADES AO GRANDE ÍDOLO CAMPINEIRO, NEWTON E PATOTA.

    Responder
  8. newton de barros

    SAUDADES

    Responder
  9. gilberto akiyama

    grande colega nos tempos de nordeste,como representante. adeus amigo, um dia te encontro.

    Responder
  10. João Araujo Neto

    A memoria de um povo é escrita pelo seu povo. Não tem ministerios, secretarias ou programas oficiosos que perpetue e salve a memoria cultural do povo brasileiro. Só salvam os políticos, perpetuando seus maus custumes….

    Responder
  11. Mariana

    Meu Deus, enlouqueci com o seu comentário. FELOMENAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Minha cara Silvia, da próxima vez deixe os ífens na gramática, ok?

    Responder
  12. castrol

    parabens pela materia ………………excelente

    Responder
  13. jornalista Fatima soares

    Bob Nelson, o caubói brasileiro,seu tempo,sua história.
    Tempo em que as músicas tinham belas letras e cantavam o amor,a saudade e as grandes paixões.

    Responder
  14. Belchior

    É uma pena , perdas de tantos artistas ,sejam brasileiros ou não . O mundo está ficando cada mais pobre de talentos .Saudades.

    Responder
  15. Ney Malheiros

    Que saudade de Bob Nelson! Conhecí-o em Corumbá MS, idos anos 1955 quando apresentou seu show no Cine Santa Cruz, após espetaculo ganhei dele um autografo e me ensinou o tirolês…
    Que pena que a galera de hoje não prestigia, alías, Bruno Marrone e Vitor -Leo bem que poderia (tentar) incluir “tirolês” – fica aqui minha sugestão!

    Responder
  16. helena

    Marcelo, fico muito orgulhosa e agradecida por essa merecida matéria/homenagem ao grande Bob Nelson que com sua arte influênciou muitos jovens de sua época e deixa um legado puro e bonito que espero que ainda sirva de referência a outros jovens de hoje. Sou sua fã garôto.

    Responder
  17. margaret

    Também adorava encostar o ouvido no pé do radio
    e curtir o Bob Nelson, nos tempos da radio Nacional
    do Rio de Janeiro. Adorei essa matéria e saber que
    ele foi longevo. Que Deus o tenha.

    Responder
  18. Cilço Luiz Rufino da Silva

    Obrigado pela matéria, recordei e aprendi muito, lembro-me, quando criança ainda, ouvir Bob Nélson no Radio, filio-me ao comentária da Srª Silvia.
    Saudações !

    Responder
  19. gilberto prado

    Foi com grande tristeza q. recebi essa noticia. Bob Nelson morava na mesma rua , Paula Freitas, Copacabana, éramos grandes amigos apesar do epread de idade. Cansamos de cantar com ele e Jorge Ben, Simonal nas horas vagas. Que ele descanse em paz e leve sua contagiante alegria aos demais q. estão lá do outro lado. A festa deve ter sido maravilhosa junto c/ os demais q. lá se encontram. O rock vai esquentar a chapa lá no céu. Fique em paz.

    Responder
  20. elias hissa

    bela materia,parabens

    Responder
  21. juarez leal

    parabens por registrar esse valor da nossa música

    Responder
  22. juarez leal

    não o conhecia parabens pela memória.

    Responder
  23. rolando galante

    Quando eu era aviador, Bob Nelson viajava pelo Brasil fazendo suas apresentações, e tinha o hábito de “roubar” a comida dos tripulantes dos aviões, quando entrava corria para a “galley” local onde é guardada a comida e bebida para ser servida aos passageiros e tripulantes durante o vôo, lá tem pequena geladeira, e fornos para aquecer os lanches quentes etc..só que ele conhecia bem o local ,e sabia exatamente o forno onde era guardada a comida da tripulação e” surrupiava “uma bandeja, um sanduiche embrulhado em papel aluminio, etc.. os comissários davam” bronca” nêle, mas êle com o seu bom humor cantarolava uma musica , e os tripulantes acabavam aceitando a brincadeira, grande Bob Nelson o Brasil está mais triste.

    Responder
  24. Humphrey Fernandes

    Olha… Confesso que não me lembrava mais do Bob Nelson. Não
    sabia que estava vivo e que havia falecido. Hoje a gente tem pou-
    cas informações dos ídolos do passado. No meu tempo de gurí,
    a gente associava-o como herói junto com os filmes de caubói,
    Durango Kid, Cavaleiro Negro, etc… Eu era fanático pela Radio
    Nacional. E sabia o nome de todos os artistas e Bob era um me
    encantava. Deus o tenha e faça valer pros mais novos a sua his-
    tória musical.

    Responder
  25. Zudgard Jose de Barros Paes Coelho

    Parabéns por esta matéria. Como é bom de vez em quando termos saudade da nossa infância quando pegávamos pelas ondas curtas da Rádio Nacional através daqueles “radiões” de válvula, música deste eterno caubói brasileiro Bob Nelson. Ô Suzana, aquela música “vaqueiro do Arizona”. Me lembro que aqui em Andarai-Ba., tinha uma pessoa que chamávamos de Ceguinho pois era cego e gostava de imitar Bob Nelson e fazia bem até com aquele tirolez na garganta. Que saudade valeu pela matéria

    Responder
  26. eliana ap. de souza mello

    quando pequena eu ouva muito radio com meu pai sentada na escada ele costumava dizer q eu tinha q saber oq era bom e o q era ruim e hoje eu vejo q ele tinha razão aprendi a gosta d Bob desd d pequena q DEUS o receba d braços aberto e tenho certeza q nada nem ninguen se compara a Bob bjs

    Responder
  27. glauco

    Como um sonho bom passou mas deixa lenbranças boas em um belo detalhe no cenário da vida.As coisas boas e belas é bom relembrar é como nos poemas . A saudades vai ficar.
    PARA BOB NELSON ,E FAMÍLIA.

    Responder
  28. Moacyr Mamede

    Estive a 8 anos atraz com o Bob Nelson na pizzaria La Mole no Rio de Janeiro, ele estava ótimo, que Deus o tenha,

    Responder
  29. Márlio Borghi

    Como Campineiro, sinto-me orgulhoso em ter tido como conterrânro um artista de seu calibre. Que as novas gerações saibam de seu trabalho, sua vida, e seu amor pela arte. Saudades orgulhosas de um conterâneo.

    Responder
  30. O PODEROSO

    Ninguém é perfeito , só Deus. Bob tinha um grande problema era paixonado por porcaria como torcer para a desgraça de Campinas a famigerada AAPP- associação das atléticas peruas pingueladas ou seu nome oficial PESTE NEGRA já que foi fundada no meio da epidemia de febre amarela que exterminou 30% da população e a grande maioria após o surto fugiu para Sao Paulo em 1899. Ficando a cidade sem comando e líderes , daí ficaram baderneiros e arruaçeiros -quem assistiu NOVA YORK SITIADA entende o que eu falo – a cidade voltou a normalidade 10 anos depois com Carlos Gomes pedindo para os cidadãos do bem fundarem algo dígno as suas composições – O GUARANI.

    Responder
  31. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  32. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  33. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  34. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  35. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  36. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  37. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  38. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  39. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  40. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  41. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  42. celia buratto

    Que grande perda, causa-me dó, ao se perder um cantor americanizado (cawboy) que~por tantos anos representou o nosso Brasil…É realmenre uma tristeza, partir um artista realmente digno do nome artista, leva com ele suas canções, seu sorriso e sua alegria, doadas por anos a fio a nós brasileiros, amamntes de boa musica.
    Hoje, somos obrigados a ouvir isso que tem por ai, nomeadas de musicas!!!.
    Artistas que vestem-se como palhaças(os), dançam???indecentemente, nem mesmo portugues correto, sabem falar, mas enfim é o preço do progresso, que nós somos obrigados a aguentar…Bob que Deus lhe dê um excelente lugar de repouso.

    Responder
  43. ADEMIR

    Grande Bob Nelson, me lembro do tempo em que estava na adolescencia, ouvia muita suas canções de Caubói e ficava encantado com elas, pois, morei em fazenda e imaginava que um dia poderia ser um caubói vestido com trages tipicos,catarolando canções, fazendo justiça onde não havia, esperando encontrar a namorada dos sonhos, foi mui lindo ! Que Deus permita lá em cima, continuar encantando a todos com suas canções. Descanse em paz heroí de tantos sonhos de adolescentes. Que Deus o tenha.

    Responder
  44. Lidinaldo Oliveira

    Conheci o Bob Nelson como representante de óculos dos fabricantes de Campinas, meu pai tinha e hoje temos óticas em Recife. Ele chegava com sua mala, sempre cantarolando, alegre e sorridente. Parabéns pela reportagem, os jóvens de hoje precisam conhecer o passado….De homens como Bob Nelson.
    abraços.

    Responder
  45. Leoterrivel

    Adeus Bob Nelson… Qua a tua luz brilhe ainda mais. Minha infancia foi de certa forma embalada ao som de suas modulações na antiga Rua Aquidaba e no Bosque do Jequitibas, onde nos divertiamos brincando de cowboi tentando imitar tua garganta plivilegiada. Quem sabe agora,infelizmente com tua morte. se valorize mais os artistas nacionais, que assim como vç , são unicos e raros, merecedores de todo nosso respeito e faição.

    Responder
  46. Lidinaldo Oliveira

    Conheci o Bob Nelson nos tempos de representante de óculos, meu pai tinha, e nós conservamos óticas em Recife, Ele era só alegria, chegava com sua mala cantando e alegrando nossa rua.
    É uma pena…o mundo está ficando carente de pessoas como o Bob. Parabéns pela belissima reportagem.

    Responder
  47. indignado

    linda foi a sua estória, espero que os nossos cineastas não a sepulte com o seu corpo, da pra fazer um filme e tanto…
    Vá com Deus!!

    Responder
  48. Luiz Sérgio

    Mariana, se você domina a gramática, parabéns, porém este não é o assunto, saiba respeitar as pessoas, haja visto que a humildade é a maior das virtudes. E quanto ao BOB NELSON, valeu por todo o
    seu trabalho e fica a saudade…………

    Responder
  49. THEO De FARIA

    Bob Nelson, meu admirável Bob Nelson… Continue montado em seu cavalo e seguindo sempre em frente meu querido! A sua integridade e o bom carater continuarão sendo para mim e tambem a muitos outros, uma fonte de inspiração porque Deus sempre foi e é contigo! Saudades fraternas e eternas…
    Theo De Faria.

    Responder
  50. JULIO

    Foi esse cara que fez aquela mistura porca entre country americano e sertanejo sonso brasileiro? FOI TARDE!

    Responder
  51. Marival da S.Meireles

    Poucas pessoas hoje em dia tem esta sutileza e bondade no coração com referencia aos nossos artistas do passado. Eu tinha meus 11 anos quando ouví Bob Nelson pela primeira vez em disco de 78 rotações e o ví quando o mesmo se apresentou na Radio Sociedade da Bahia. Não tinha quem não gostasse dele e do canto ‘tirolês’ e muitos, como eu, tentavam imitá-lo. Tudo isto aconteceu na época de ouro da música popular brasileira, tempo da Radio Nacional que nos deu tantos valores artísticos. Obrigado e que Bob Nelson esteja bem lá no Alto com todos aqueles que nos alegraram com seus dotes artísticos, numa época que nos deixou imensa saudade e lágrimas, não de tristeza, mas, dos grandes valores morais do homem. Quão diferente está o mundo em que nos encontramos! O progresso é normal, entretanto, no mundo atual os valores se inverteram completamente. Lógico que a vida tem que seguir, porém, mesmo com as mudanças tecnológicas, ida do homem à lua, Internet, etc., falta uma única coisa: AMOR no coração dos homens. Reitero o meu muito obrigado pela bela matéria.

    Responder
  52. grumetty

    oh suzanna não chores por mim pois eu vou pro alabana aiai tocando bandolin

    Responder
  53. Metilparabeno

    Parabéns pela sua morte! Que ela inspire outras pessoas a morrerem também…

    Responder
  54. A kavalarya Country Band

    Que Bob Nelson esteja em paz! Nós da Banda New Country A Kavalarya agradecemos pela vida e iniciativa musical de Bob Nelson, que proporcionou ao povo brasileiro a descoberta de um, até então, novo estilo musical ! E…desde 2000, há 9 anos, mais de 1.500 shows, estamos tentando fazer com que não morra aqui no Brasil esse estilo, modo de vida e ritmo tão contagiante, alegre e dançante que é a musica country (estilo americano).

    Responder
  55. Marry

    Parabens pela materia, fui fã do bob nelson e relembrar essas musicas me deixa muito emocionada, principalmente em saber que hoje já não temos aquelas lindas canções, hoje aos 59 anos fico a lembrar da minha infancia FELIZ *** SAUDADES BOB NELSON ****

    Responder
  56. cigano

    Foi um grande artista. Único, no seu estilo. Suas interpretações no rádio fazia-nos sonhar com os filmes de faroeste . Certamente Deus foi esperá-lo na porta, junto com São Pedro.

    Responder
  57. rogerio

    criado no inyerior do estado do rio, elegi o bob nelson como idolo.O tempo passou, o esquecimento… e agora leio a noticia e viajo no tempo, e sinto-me feliz apesar da passagem do nosso herói. Deus o ampare e a voce feliz autor da materia ,parabéns e muito obrigado.

    Responder
  58. Anton

    Justa e bela homenagem a um cantor de slimples figura e grande carisma, lembro-me bem de minha infancia e já com dois anos ouvia o Bob com suas singelas canções, em um tempo que deixa saudades, tempo de alegria e sem esse consumismo imediatista de hoje, as pessoas eram mais humanas e alegres, menos cínicas e mais solidaárias.
    Mais uma estrela no firmamneto da arte.

    Responder
    • joao hidalgo

      que a passagem de Bob Nelson por esta terra não caia no esquecimento, ele foi um verdadeiro artista brasileiro, simples e alegre, proporcionou alegria a muitos brasileiros, inclusive a mim, a última vez que o vi foi no Jô Soares, onde se apresentou em grande estilo, suas músicas irão continuar eternas; Deus o acolha com muita paz que ele merece.

      Responder
  59. Gilmar

    “saber-mos” NÃO EXISTE!!!
    É “sabermos”!
    “recordar-mos” TAMBÉM NÃO EXISTE!!!
    É “recordarmos”!

    Responder
  60. Lula PE

    Ah! Eu me lembro do querido Bob Nelson. Ele era tão famoso que havia naquela época também os Covers dele. Além de Oh Susana também ele cantava a do Boi Banabé que era apaixonado pela linda vaca Salomé. Que Deus o tenha recebido com forte abraço Bob.

    Responder
  61. Iara Alice - Peruibe

    Sabe a versão da Suzana e do amendoim?
    Cantávamos para uma professora de nome Suzana em excursões escolares. Mas só o refrão. Era assim:
    “Oh, Suzana, não chores por mim
    Vou passar a noite inteira só comendo amendoim.”
    Agora, depois de muuuuuuuuuuuito tempo entendi o sentido da frase.

    Responder
  62. jornalista Fatima soares

    O crime ocorreu dentro da casa do político na noite de terça-feira no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais; familiares disseram à polícia que ele sofria ameaças Do R7, com Record MinasTexto: A polícia de Minas Gerais procura por dois homens suspeitos de assassinar a tiros o prefeito de São Sebastião do Maranhão, no Vale do Rio Doce. Gildeci Gomes Sampaio (PTB) foi morto com três tiros em casa por volta das 19h de terça-feira (13). A polícia informou que os homens chegaram na casa em uma moto. Enquanto um ficou na porta dando cobertura, o outro entrou armado e atirou contra o prefeito e um vendedor, Ademar de Oliveira Leal, que estava com ele na sala. Os dois morreram no local. A mulher do prefeito, Jussara Perdigão de Carvalho, estava no banheiro e saiu assustada. ela foi a primeira a ver os dois baleados na sala. Alci Eduardo Mendes estava construindo uma cerca na casa do prefeito e viu a cena do crime logo depois. Os suspeitos fugiram. Policiais militares e civis de Governador Valadares devem chegar ainda nesta quarta a São Sebastião do Maranhão para tentar encontrar os assassinos. Familiares de Gildeci Sampaio revelaram à polícia que ele corria perigo por causa de divergências políticas, mas não souberam informar quem fazia as ameaças. Sampaio foi eleito no ano passado com 3.978 votos, 66% do total. A cidade tem cerca de 10 mil habitantes e fica a 351 km de Belo Horizonte.
    Noticia internet

    Responder
  63. Habi Abud

    Acho que está faltando uma homenagem postamo ao grande Bob Nelso, na tv record tem um programa justamente para esse tipo de ho,menagem, tendo como apresentador o jornalista Duran.
    Pensem nisso.
    grato pelo espaço.

    Responder
  64. Ednaldo Marinho

    Olá
    Gosto muito qdo vcs trazem músicas de outras regiões….já baixei todos albuns do Dengue Fever, músicas da Cleopatra Stratan, a versão de Asa Branca com o Demis roussos enfim..continuem trazendo essas novidades.
    Sobre o Dengue Fever, eles gravaram rocks cambojanos da década de 60, onde a famosa era Ros Sereysothea e achei algumas músicas dela inclusive uma versão em khmer de “Proud Mary” famosa com o Creedence Revival….
    E queria recomendar uma banda portuguesa “Banda do Casaco” com as músicas “Malfamagrifa” e “Cadeira do Barbeiro”
    abraços

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This