2 milhões a.C.
Os homens primitivos faziam pinturas nas paredes das cavernas. Esse tipo de arte rupestre é considerado uma forma de comunicação. Também foi nesse período que os rudimentos da linguagem articulada evoluiu para a comunicação oral.

3.500 a.C.
Os sumérios desenvolveram a escrita. Atualmente a forma dos sumérios de registrar em barro suas palavras é chamada “escrita cuneiforme”.

3.000 a.C.
As cartas eram ditadas para mensageiros velozes, que corriam quilômetros para dar recados a seus destinatários. Não à toa a palavra correio deriva do verbo correr.

1.300 a.C.
São escritas as “Cartas da Amarna” — o conjunto mais antigo de cartas que se tem notícia. Enviadas de cidades-estado da Ásia Ocidental em direção ao Egito, e do Egito em direção a estados independentes, as cartas foram encontradas durante uma escavação arqueológica do Século 19. A escrita utilizada ainda é a dos sumérios, a “escrita cuneiforme”.

100 d.C.
O papel foi inventado na China.

868 d.C.
Os chineses produziram o primeiro livro da história, o Diamond Sutra. Trata-se de uma coletânea de textos budistas feita por meio de um sistema rudimentar de impressão: o texto era entalhado em blocos de madeira. Depois, se cobria o material com tinta e colocava-se sobre ele o papel.

1774
O suíço Georges Louis Lesage desenvolveu o telégrafo, máquina que envia mensagens codificadas por meio de eletricidade. Mas o primeiro sistema de telégrafo realmente usado foi uma criação do norte-americano Samuel F. B. Morse.

1798
Foi criado os Correios Marítimos, que estabeleceu uma ligação postal regular entre Brasil e Portugal. No mesmo ano, a primeira agência postal brasileira entrou em funcionamento em Campos (RJ).

1876
Depois de anos de pesquisa, o norte-americano Alexander Graham Bell realizou a primeira chamada telefônica no aparelho que havia inventado.

1896
O italiano Guglielmo Marconi, depois de mudar para a Inglaterra, onde conseguiu terminar suas pesquisas, patenteou a invenção do telégrafo sem fio. Marconi recebeu o Prêmio Nobel de Física, junto com Karl Ferdinand Braun, em 1909.

1901
O sistema de radiocomunicação foi patenteado por Marconi. Mas as primeiras transmissões diárias de rádio foram iniciadas em 1910 por Charles Herrold, da Radio Broadcasting de San Jose, na Califórnia (EUA).

1926
Os americanos dos Laboratórios Bell desenvolveram o protótipo de um fax. O aparelho se baseado na idéia do escocês Alexander Bain de transmissão e reprodução de material gráfico à distância, e no aparelho telefônico de Graham Bell. O primeiro aparelho foi fabricado em 1947 pela empresa inglesa Muirhead, cuja principal atividade era a telegrafia sem fio.

1958
O exército norte-americano colocou em órbita o primeiro satélite de comunicação (SCORE). Quatro anos depois, a Bell Laboratories desenvolveu para a AT&T o Telstar 1, primeiro satélite comercial capaz de transmitir sinais de televisão e chamadas telefônicas ao vivo.

1969
O Departamento de Correios e Telégrafos (DCT) foi transformado, no dia 20 de março, em uma empresa pública e passou a se chamar Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

1971
O engenheiro Ray Tomlinson idealizou um novo meio de comunicação via computadores: o electronic mail, conhecido popularmente como e-mail. A primeira mensagem foi enviada de Ray para ele mesmo, em computadores diferentes.

1972
Foi instalado no Brasil o primeiro orelhão.

1976
Chegou ao mercado o primeiro pager, o Eurosignal, da empresa alemã Bosch. A onda dos comunicadores de texto desembarcou no Brasil em 1981, com o Ericall, fabricado na Suécia pela Ericsson.

1979
A empresa sueca Ericsson lançou o primeiro modelo de telefone celular.

1991
Um grupo de acadêmicos do laboratório de computação da Universidade de Cambridge (Inglaterra) teve a idéia de acoplar um captador de imagens a um computador, criando assim a webcam.

1997
A Mirabilis lançou o ICQ, sistema pioneiro de comunicação instantânea pela Internet. Seu nome é um trocadilho com a expressão em inglês I Seek You (Eu te procuro).

2003
O sueco Niklas Zennström inventou o Skype. O programa permite fazer ligações telefônicas entre computadores e chamads do micro para um telefone fixo ou celular.